Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Domingo, 30 de Dezembro de 2007
Olhar o Porto

O numeroso grupo, eram mais que as mães, ávido de aprofundar os conhecimentos sobre o Porto compareceu às 21 H de ontem junto ao jardim Marques de Oliveira, vulgo S. Lázaro. A força da tradição é mais forte que a vontade dos homens do poder e estou também a lembrar-me do jardim da Cordoaria que oficialmente tem a toponímia de Mártires da Pátria, mas há mais, como Leões, Arca d´água etc...
Com o patrocínio da CMP, com orientação do Dr. Júlio Couto ficamos logo ali a saber que o jardim de S. Lázaro foi o primeiro a ser construído na cidade logo após as lutas liberais, dedicado às mulheres do Porto que souberam encorajar os maridos na defesa das liberdades. Entramos na Rua do Sol cujo nome é devido ao astro-rei que logo ao nascer entra pela rua, já na ponta a Capela dos Alfaiates que veio do morro da Sé já no sec. XX. Seguimos pelo largo 1º de Dezembro e uma olhadela ao exterior da bela igreja de Santa Clara. Com uma chuva miudinha a querer martirizar o grupo seguimos pela antiga rua de D. Hugo onde há a Casa Museu Guerra Junqueiro, antes tínhamos passado junto à estátua equestre de Vímara Peres e à Sé.
Capela das Verdades e descemos pelas escadas do mesmo nome e logo a seguir pelas extensas escadas do Barredo. Ao fundo o nicho sem o Senhor da Boa Fortuna que foi palmado por um “boi” (nome dado àqueles que no bas-fond da cidade têm comportamentos que ferem terceiros). Passagem pelo Bairro Padre Américo e em pleno miolo do Barrêdo, na Rua de Baixo uma das casas mais antigas da cidade. Chegamos à Ribeira, uma referência ao Rio da Vila, à Rua de S. João e à fonte, tudo obra dos Almadas. Aqui uma referência ao S. João do nicho da fonte, que nunca existiu. Agora está lá um “S. João” sofisticado, feito por um escultor da moda. Certo, certo é que ninguém gosta daquela figurinha!...
Postigo do Carvão, a única porta da muralha Fernandina que chegou até nós. No Muro dos Bacalhoeiros, uma referência culinária à casa onde nasceu Gomes de Sá, o do bacalhau (Eh ASAE, não mandem alterar o nome, por favor!...). A seguir, Capela de Nossa Senhora do Ó e o empenho dos moradores, segundo Júlio Couto, na recuperação do edifício que estava muito degradado. Pela antiga Rua da Reboleira, sempre com as histórias super doseadas de pimenta brejeira ao gosto do grupo, ora do farmacêutico que tratava não sei o quê, ora do Carlinhos da Sé, figura típica do Porto.

A cidade é isto: a história dos lugares e das pessoas. No primeiro caso a história mantém-se viva mas já as pessoas vão rareando na zona histórica.
Assim foram fechados os passeios nocturnos de Dezembro, agora vamos esperar pelos diurnos da Primavera.

  (a imagem é da estação de S. Bento, sacada do gaveto da R. Mousinho da Silveira com a R. Corpo da Guarda.)

 

          Fiquem bem, antonio


Marcadores:

Publicado por antonioduvidas às 10:13
link do artigo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 23 de Dezembro de 2007
Olhar o Porto

 

O grupo orientado por Helder Pacheco começou às 21 H a beber a história da cidade do Porto fora das muralhas Fernandinas. A partir do largo Monpilher e pela rua da Picaria, o historiador não se cansava de nos chamar a atenção para os prédios do sec XVIII que tiveram o risco e o esquadro dos Almadas. Aliás falar da história da cidade e não tropeçar nos Almadas é como abordar os monumentos do Porto e não referir a Torre dos Clérigos.
Em cada rua há uma história como aquela do enfermeiro da Rua do Correio que tratava as "pichotas" dos malandros que apanhavam a "sifilis". Passamos pela porta do Olival, uma das saídas da cidade para Braga e Guimarães. Existe ali um café com esse mesmo nome que tem no seu interior um pano da muralha. Seguimos pela Rua Barbosa de Castro e uma referência à casa por onde andou Alexandre Herculano. Subimos ao morro da Vitória onde os fotógrafos de serviço, e eram muitos, puderam registar boas perspectivas do Porto e Gaia à noite. Seguimos pelo passeio das Virtudes, miradouro por excelência e descemos a Miragaia onde o labirinto de ruelas, becos, pátios enchem o ego de quem gosta destas coisas. Helder Pacheco regozija-se com a recuperação que a Câmara fez que deveria ser extensiva a outras zonas históricas da cidade.
O passeio nocturno terminou junto aos arcos e igreja de Miragaia não sem uma referência que as potencialidades turísticas da parte histórica da cidade podiam ser uma mais valia se se pudesse tirar partido das mesmas.

Boa noite e palmas para o brilho comunicante de Helder Pacheco, foi o presente de Natal dos acompanhantes.

(A foto foi tirada do Passeio das Virtudes, vê-se o edifício da Alfândega e o Douro)

Fiquem bem, antonio


Marcadores:

Publicado por antonioduvidas às 16:17
link do artigo | Comentar | Ver comentários (9) | Adicionar aos favoritos
|

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007
Pelo centro histórico!...

E assim vai o Centro histórico do Porto!... Vejam o que o JN diz sobre a Viela do Anjo. No tempo de Fernando Gomes à frente da CMP aí foi feita uma grande intervenção, até deram o nome de praça do Duque da Ribeira ao espaço aí criado, mas a desertificação humana do local e todo o lixo e vandalismo que por lá abunda é uma dor de alma!...

 

        (antonio)



Publicado por antonioduvidas às 12:06
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007
Olhar o Porto

Cabra manca não tem sesta e se a tem pouco lhe presta! Noite gelada e o grupo numeroso de gente madura com agasalhos à maneira, bonés, chapéus e até gorros russos, diga-se, estava ali junto à Igreja da Lapa para ouvir e seguir os passos do sabedor destas coisas Dr. Júlio Couto, comunicador por excelência. Gente interessada, se são sempre os mesmos não interessa, o que também não é verdade. No outro lado da invicta à mesma hora milhares estavam no gélido estádio do Dragão a ver o F.C.Porto – Guimarães.
Da Lapa, uma referência à escola por onde andou Eça e Ramalho Ortigão, pela Rua do Paraíso, onde alguém já escreveu um livro sobre esta rua chegamos ao bairro alto (R. Bonjardim) onde o rei e senhor da zona, Gonçalo Cristóvão se travou em mimos com o Marquês de Pombal que não era pêra doce, e por isso fez-lhe a vida negra. Subimos pela Rua das Musas(aqui nasceu a fadista ...) e entramos na Fontinha cujos resquícios da era industrial ainda se notam por ali. Mais abaixo as Carvalheiras que tal como a Fontinha mantém o mesmo visual de há cerca de 37 anos quando ali perto frequentavamos a Escola do Magistério Primário do Porto na Rua da Alegria. Espaços mortos da cidade que se vão mantendo sem uma intervenção adequada.
Sempre com a obra dos Almadas( pai e filho) como pano de fundo, com a expansão da cidade para fora das muralhas Fernandinas, a caminhada continuou por Sá da Bandeira com as histórias pitorescas do Dr. Júlio Couto, pimentadas com o floreado que só ele sabe dar para bem dispor os acompanhantes. Homem que conhece a cidade ao milimetro com a vantagem de ter o conhecimento e de ter nascido no coração da urbe. Entramos na Rua de Santa Catarina que podemos dizer é onde agora o Porto mais ferve, sempre a referir-nos ora aquela placa num prédio onde casou Camilo, outra onde nasceu Arnaldo Gama ou a chamar a atenção para a estatueta de Santa Catarina no gaveto com R. de Passos Manuel e mais à frente junto à Batalha no frontal da livraria Latina o busto de Camões. Do outro lado da rua no gaveto com a R. 31 de Janeiro, ao mesmo nível, o busto da sua amada.


A paixão com que Júlio Couto fala do Porto deixa-nos arrebatados! ...

Saudações, antonio


Marcadores:

Publicado por antonioduvidas às 18:27
link do artigo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 15 de Dezembro de 2007
Conhecer a cidade do Porto IV

PASSEIOS DE DEZEMBRO

Se estiver interessada/o em visionar o registo fotográfico que foi feito por 3 amadores na visita guiada pelo Dr. Helder Pacheco no dia 8 de Dezembro de 2007, dos grifos aos dominicanos, basta clicar AQUI e terá acesso directo ao álbum.

Saudações tripeiras do Francisco.


Sinto-me: Tripeiro
Música: 'Paixão' RUI VELOSO
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 01:28
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2007
Conhecer melhor a cidade do Porto III

Quer conhecer melhor a cidade do Porto?

Outra iniciativa se apresenta. É difícil ter tanta oferta simultaneamente. Não há razão, portanto, para não conhecer a cidade do Porto e o seu património. Para mais informações, basta clicar AQUI .


Sinto-me: Tripeiro
Música: 'Momento' PEDRO ABRUNHOSA
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 22:43
link do artigo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 2 de Dezembro de 2007
Conhecer a cidade do Porto II

Quer conhecer melhor o Porto?

Já no passado 28 de Outubro publiquei um artigo dando conhecimento desta iniciativa da Câmara Municipal do Porto. Como é já no próximo sábado, dia 8 de Dezembro, que se iniciam estes percursos nocturnos ou visitas de estudo guiadas, insisto, uma vez mais, na publicitação da iniciativa, podendo ser recolhidos mais pormenores AQUI.


Sinto-me: Tripeiro
Música: 'Porto sentido' RUI VELOSO
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 23:25
link do artigo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 1 de Dezembro de 2007
Uma questão de lapa!

E houve muita gente que após o 25 de Abril de 1974 criticou o Antoninho de Santa Comba por se ter agarrado ao poder durante 48 anos!...

Ah, mas este é eleito pelo voto popular!...

Toma lá que é democrático!...

 

    (antonio)



Publicado por antonioduvidas às 12:01
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
Número de visitas
Site Counter
Bpath Counter
blogs SAPO
subscrever feeds