Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Terça-feira, 24 de Agosto de 2010
Liga dos Campeões

Bravo, Guerreiros!

Parabéns, Guerreiros.

Assim, é bom sentirmo-nos portugueses.

Parabéns, Bracarenses!

Felicidades para o vosso futuro futebolístico.

Fizeram-me sentir hoje um português feliz.

Saudações tripeiras do Francisco.


Sinto-me: Português

Publicado por caminheiro1 às 22:40
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 23 de Agosto de 2010
Passeio pelo Porto por João Rodrigues

Dou os meus parabéns ao autor, João Rodrigues, por este magnífico trabalho. Só quem gosta muito do Porto consegue fazer um trabalho destes. Só quem gosta muito da cidade do Porto sabe dar valor ao que aqui está representado. Parabéns e muito obrigado pelo trabalho que retrata a minha cidade. Saudações tripeiras do Francisco. Ah, não se esqueçam de ligar o som. Imperdível.


Sinto-me: t

Publicado por caminheiro1 às 23:22
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 22 de Agosto de 2010
Incêndios em Portugal III

O jornal PÚBLICO de domingo, 22 de Agosto de 2010, publica um trabalho intitulado MITOS E VERDADES SOBRE O FOGO E A FLORESTA. Li com atenção e recomendo. Fiquei elucidado sobre o assunto. Aliás, trata-se de um conjunto de análises elaborado por um grupo de jornalistas. Digamos que é o conjunto de perguntas mais frequentemente formulado com as respectivas respostas dadas pelas pesquisas dos jornalistas. É uma formatação que me agrada e que, repito, recomendo. Aqui o partilho convosco. Saudações tripeiras do Francisco.

 

Mitos e verdades sobre o fogo e a floresta em Portugal.

Sinto-me: Tripeiro

Publicado por caminheiro1 às 19:33
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010
Homenagem aos bombeiros

 

Nesta  época de fogos florestais quero deixar aqui a minha homenagem aos bombeiros.

 

Deixo aqui um texto de FERREIRA FERNANDES no DIÁRIO DE NOTÍCIAS de 12 de Agosto.

 

"Josefa, 21 anos, a viver com a mãe. Estudante de Engenharia Biomédica, trabalhadora de supermercado em part-time e bombeira voluntária. Acumulava trabalhos e não cargos - e essa pode ser uma primeira explicação para a não conhecermos. Afinal, um jovem daqueles que frequentamos nas revistas de consultório, arranja forma de chamar os holofotes. Se é futebolista, pinta o cabelo de cores impossíveis; se é cantora, mostra o futebolista com quem namora; e se quer ser mesmo importante, é mandatário de juventude. Não entra é na cabeça de uma jovem dispersar-se em ninharias acumuladas: um curso no Porto, caixeirinha em Santa Maria da Feira e bombeira de Verão. Daí não a conhecermos, à Josefa. Chegava-lhe, talvez, que um colega mais experiente dissesse dela: "Ela era das poucas pessoas com que um gajo sabia que podia contar nas piores alturas." Enfim, 15 minutos de fama só se ocorresse um azar... Aconteceu: anteontem, Josefa morreu em Monte Mêda, Gondomar, cercada das chamas dos outros que foi apagar de graça. A morte de uma jovem é sempre uma coisa tão enorme para os seus que, evidentemente, nem trato aqui. Interessa-me, na Josefa, relevar o que ela nos disse: que há miúdos de 21 anos que são estudantes e trabalhadores e bombeiros, sem nós sabermos. Como é possível, nos dias comuns e não de tragédia, não ouvirmos falar das Josefas que são o sal da nossa terra?"

 

 




Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010
Os incêndios em Portugal II

E continuam os incêndios no meu país... E continuam a desaparecer zonas verdes de Portugal... E continuam a morrer homens e mulheres que lutam contra o fogo na floresta... E continua a política de Portugal queimado... Haja Deus.

PROTECÇÃO CIVIL DIÁRIO DE NOTÍCIAS

Sinto-me: Português mas triste

Publicado por caminheiro1 às 22:45
link do artigo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Domingo, 8 de Agosto de 2010
Os incêndios em Portugal

Eu sou do tempo dos escudos e dos tostões. Isso é bom ou é mau? Eu sou do tempo dos guarda-florestais. Isso é bom ou é mau? Para mim é mau porque revela que já tenho uns anos de existência. Para o país e para a floresta nacional, o guarda-florestal é bom. Era uma figura que conhecia muita gente e que era conhecida de outra tanta. Qualquer cara estranha ou «estrangeiro» era logo alvo de apertada vigilância. Assim, a sua existência e/ou a sua presença era mais do que intimidatória. E o guarda-rio, lembram-se dele? E os cantoneiros? Essas figuras que nos saudavam quando passávamos com o nosso carro pela estrada da serra e que, entre as passagens de carro, carreira ou camião, iam cortando o mato e as ervas que ladeavam as estradas nacionais. Mas para que é que eu estou para aqui com esta conversa toda? Estou a falar-vos de autoridades que existiam num país onde já houve autoridade e justiça e outros valores. De que servem agora os agentes de autoridade? Apenas servem para garantir a ordem pública quando se juntam 28 000 pessoas a assistir a um desafio de futebol. Aí si, aí não faltam agentes de autoridade. À porta das escolas não é preciso. À porta dos bancos também já não é preciso. Era o Fado, o Futebol e Fátima? Pois que fossem. E depois? Agora temos aí as chamas a levar tudo à sua frente. E o que é mais curioso é que a maior parte dos incêndios tem nascido já com o sol posto. É o calor da lua? Ai Portugal, Portugal, para onde te levam?


Sinto-me: Português mas triste

Publicado por caminheiro1 às 22:48
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
Número de visitas
Site Counter
Bpath Counter
blogs SAPO
subscrever feeds