Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Quarta-feira, 9 de Agosto de 2006
A política tem destas coisas ...

 

Lembram-se da polémica que envolveu o candidato (Isaltino Morais) à Câmara Municipal de Oeiras nas últimas autárquicas? Pois o que lá vai, lá vai. Neste momento o PS foi convidado - e aceitou - para ocupar alguns pelouros municipais http://dn.sapo.pt/2006/08/03/nacional/socialistas_aceitam_pelouros_isaltin.html.

O passado de Isaltino Morais já foi esclarecido? Ou será que se passou uma esponja sobre o passado? Tudo o que o PS disse, na campanha eleitoral para as autáquicas, sobre Isaltino Morais faz já parte do passado (talvez longíquo ...) ?

Haja coerência. Assim é difícil acreditar nos políticos da nossa praça.


Sinto-me: desiludido

Publicado por prof às 21:10
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

5 comentários:
De Franc a 9 de Agosto de 2006 às 22:12
Desculpa, meu caro Gastão, mas quem é que ainda acredita nos políticos da nossa praça? Ah, já sei: quem for político ou quem estiver em vias de o ser. Isso sim. Fora isso, já ninguém acredita. Para mais confirmação, veja-se o n.º crescente de votos brancos. O que significa? A leitura que faço é que cada vez é maior o n.º de pessoas que quer cumprir com a sua obrigação e exercer o seu direito mas não acredita mais na classe política que temos. Aquele abraço do Francisco.


De antonioduvidas a 10 de Agosto de 2006 às 17:21
Ó Prof mas tu ainda acreditas nessa raça? O povo diz "estão todos feitos" (desculpa lá tutear-te, mas penso que és dos nossos). Deste esse exemplo mas casos desses ñ faltam. Olha agora a ilibação do antigo ministro Rui Nobre Guedes - o tal que deu autorização para o abate de milhares de sobreiros, árvore protegida! Isto está tudo minado! E ai daquele que se atreva a denunciar as malandrices leva logo um processo por difamação! Não se safa, pois os tipos (os do poder) têm bons advogados para provar que uma mentira é uma verdade ou vice-versa. E ainda andam por aí muitos tristes (eu serei às tantas um deles) a comemorar o 25 de Abril!...


De antonioduvidas a 10 de Agosto de 2006 às 17:45
Ainda sobre o abate dos chaparros sugiro uma vista de olhos a http://www.doportugalprofundo.blogspot.com/


De antonioduvidas a 11 de Agosto de 2006 às 19:08
As notícias sobre a ilibação de Nobre Guedes, cuja busca ao escritório foi precedida de indicação à comunicação social de que esta ia ser realizada, (como aconteceu também com Jorge Coelho) , obriga a condenar a forma como se fez uma penalização social gravíssima para pessoas que acabam por ser inocentadas sem nada de semelhante às parangonas com que foram culpabilizadas. Isto, junto com a negação pelo tribunal do acesso aos computadores do 24 Horas, cortando cerce uma cortina de fumo sobre o objectivo inicial do inquérito (saber por que razão estavam no processo Casa Pia listagens que não deveriam estar e quem foi responsável por esse acto), são importantes revezes do Ministério Público. Somam-se a muitos outros revezes, do caso Apito Dourado ao que aconteceu com Fátima Felgueiras e Isaltino de Morais. O MP atira para vários lados, as fugas de informação criam expectativas de culpas e de penas e depois, nada, nada, nada…

No intervalo, ficam estilhaços por todos os lados, inocentes que carregarão sempre a culpa que lhes foi lançada nos jornais, culpados que se escapam no meio de métodos de investigação, que se revelam incompetentes e negligentes. Mais do que isso: os abusos entretanto cometidos revelam os efeitos perigosos de uma atitude justicialista, ou seja, de uma política que nada tem a ver com a democracia. Quando uma instituição central do nosso sistema de justiça entra na política está posto em causa o funcionamento normal da democracia.

Esta é a questão de fundo do que se passa no MP e, hoje, é responsabilidade do Primeiro-Ministro e do Presidente da República. Assim não pode continuar.
(C/a devida vénia do ABRUPTO)


De José Miranda a 10 de Setembro de 2006 às 12:58
Mandaram-me este email e lembrei-me de vo-lo mandar:
Assunto: FW: Avaliassão do Prufeçôr do mêu Filho

A propósito da brilhante ideia de classificar os professores incluindo a avaliação dos pais ....

Avaliassão do Prufeçôr do mêu Filho

As razões dum Pai

O gajo não presta. O gajo fala, fala, fala mas o puto não entende pêva do que ele está práli a dizer e por isso é que não aprende.
Depois, só porque o puto recebe uma mensagem no telemóvel, que até fui eu que lha mandei porque ele tinha deixado o gato fechado na cozinha, põe-se
aos gritos com ele que preturba a aula. Preturba mas é o c.... que o gato podia dar-nos cabo do almoço. O gajo é mas é parvo. Não tem compreenção
pelos alunos, é o que é. Deu nega ao meu puto, mas agora quem vai ter a nega é ele! E vamos aver se pró ano, se calhar outra vez ao puto este gajo como professor, ele não le vai dar uma nota de jeito.. não percisa ser um 5, que eu também sei que o meu puto não tem grande queda para os estudos, mas o que
ele não tem é de andar praí a perjudicar o futuro dos miudos que assim com notas dessa, como é que vão comseguir tirar as facoldades? O gajo quer é ser
ele e os da sua laia a serem dotores só eles.
Eu cá já decidi: nota negativa! Mai nada!




Comentar artigo

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
Número de visitas
Site Counter
Bpath Counter
blogs SAPO
subscrever feeds