Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Sexta-feira, 11 de Maio de 2007
Olhar o Porto na ponte Luís I

 

            (ponte Luís I na sua nova função no tabuleiro superior)

 

Hoje fui vadiar pela cidade. Andei pelo miolo histórico e atravessei o Douro na Ponte Luís I. Ia já a meio dessa espectacular obra de engenharia, anterior ao aparecimento do automóvel, quando parei de supetão, recuei 100 anos e senti-me visionário.
Que vejo então?!

Um vulto, era o meu avô (que nunca conheci), de bigode farfalhudo revirado nas pontas, esboçava um sorriso endinheirado que lhe deixava brilhar um dente de oiro. Já tinha mijado no mar pois tinha emigrado para o Brasil com uma mão atrás e outra à frente, onde foi condutor de coches de aluguer. Ia ali sobranceiro, de chapéu à baiana, botas-de-elástico cardadas que faziam sonoridade no empedrado em consonância com a algazarra dos moços que tangiam o gado, capa de burel, jaqueta castanha com um bolso do lado esquerdo donde sobressaíam umas correntes do relógio e cajado de marmeleiro ao estilo de Ramalho Ortigão. Tinha chegado no barco rabelo lá de Cinfães. Como torna viagem que se preze trouxe uns trocados, fez casa onde colocou na frontaria, lavradas na pedra, as suas insígnias, comprou terras, teve muitos afilhados, mordomo da festa da terra, nas procissões pegava no pálio e passou a ser o senhor fulano de tal…. Enviuvou cedo embora depois voltasse a casar mas nos intervalos vinha a miúdo à cidade e fazia poiso ali pela praça da Ribeira e dava um salto à Rua Escura onde a cidade mais mexia, ia ali beber um quartilho e não só!... O homem era atiradiço, um malandreco ou então um pardalão como se dizia na terra e a prova disso foram os “não filhos” que por lá deixou.

Mas voltando à ponte, quem se cruzava com aquele que foi meu avô? Pois aquilo era um corrupio de gente: homens de tamancos ferrados a tachotes, outros descalços, na cabeça os remediados usavam chapéu de feltro, os moços e a escumalha bonés; as mulheres de alpercatas ou chinelas, algumas descalças, saias compridas com muita roda, umas de gigas à cabeça, outras só de rodilhas, eram as galinheiras, carvoeiras e carqueijeiras que já tinham levado o frete. Era um formigueiro humano à mistura com porcos, carneiros, cabras, cavalgaduras, gado vacum, carros de bois e de muares, carroções, carruagens, cadeirinhas, seges e diligências. E tudo pagava portagem, minha gente!

Fim do filme!...Volto agora à realidade actual, introspecciono-me e fico em autêntica adoração aos arquitectos, engenheiros e artífices de tão emblemática futurista obra que foi atravessada por camiões de toda a tonelagem no passado recente e agora pelo metro.

(P.S.: voltarei mais tarde a falar desta majestosa ponte, um manancial de história viva)

Fiquem bem, antonio


Marcadores:

Publicado por antonioduvidas às 09:08
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

4 comentários:
De Maria da Graça a 11 de Maio de 2007 às 23:38
É SÓ mais uma excelente crónica! Pois como se fosse fácil redigir assim...
O fantátisco é que o António consegue a proeza de aparentar que é fácil escrever, tal é a fluência e a riqueza da sua escrita.
Parabéns. E continuo a reforçar: vai elaborando uma compilação dos teus artigos. é a preparação que antecede a publicação de livros.

Saudações para um escritor (que és tu, António).
de Maria da Graça



De Franc a 12 de Maio de 2007 às 23:38
Boa António. Muito boa mesmo. Mas quem sou eu? Apenas digo que gosto e ponto final. A Maria da Graça tem razão. São crónicas como estas que precedem, muitas vezes, a publicação de livro. E a riqueza do teu vocabulário? Tanta coisa que se aprende ao ler esta tua crónica! É impossível resistir a tanto charme. Bom, vou parar por aqui a qualificação senão também passo a engraxador.... Aquele abraço do Francisco.


De J. Alves a 13 de Maio de 2007 às 11:45
Só hoje dei uma olhadela sobre os blogs, confesso que adorei “Olhar o Porto na Ponte Luís I, foi uma visão pormenorizada de um século atrás, um retrato muito bem feito a preto e branco como era utilizado na época, adoro o seu sapateado de palavras, que bate Gene Kelly ou o Fred Astaire, acho que as suas crónicas deveriam ser vistas em locais de mais público como os periódicos, os meus parabéns.


De antonioduvidas a 13 de Maio de 2007 às 23:39
Obrigado sr. Alves pelas palavras tão carregadas de força incentiva, mas eu sei das minhas limitações. Gosto sim de farejar pela cidade e partilhar a caça!...

Saudações, antonio


Comentar artigo

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
Número de visitas
Site Counter
Bpath Counter
blogs SAPO
subscrever feeds