Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.

Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009
Mensagem de Ano Novo

Bom Ano de 2009

   Apesar de todas as coisas más e de todas as dificuldades que tenhamos e que cada um tenha de suportar, que seja para todos um ano com o mínimo de saúde, dinheiro e amor.

   Saudações bloguistas do Francisco.


Sinto-me: Bem
Música: 'Entre mim e eu' LUÍS REPRESAS
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 10:56
link do artigo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008
Afinal era uma brincadeira...

Afinal, tudo não passou de uma brincadeira. Afinal, tudo isto não passa de uma brincadeira. Até era uma pistola de plástico, pois claro... Eu ouvi hoje, com estes dois que a terra há-de comer, a palavra BRINCADEIRA da boca de duas pessoas que, no meu modesto entendimento, nunca deveriam pronunciar essa palavra enquanto se estivessem a referir àquele incidente, a saber, directora regional de educação e representante da plataforma sindical. Em contrapartida, gostei da reprovação implícita que li nas entrelinhas do que ouvi da boca do representante da confederação de associações de pais. Estranho, também, o silêncio que este caso teria merecido por parte do conselho executivo do estabelecimento. E quantos casos já se terão passado naquele mesmo estabelecimento que não mereceram tratamento pela direcção regional? Ai não teve conhecimento...E o que está lá a fazer o conselho executivo? Ai têm medo...Sabem que mais? Espero para ver onde isto vai parar. É que não vai ficar por aqui, podem crer. Estou triste, muito triste mesmo com tudo isto. Nunca pensei que isto batesse tão fundo como bateu. Tenhamos esperança. Saudações natalícias do Francisco.


Sinto-me: Bem
Música: 'Deixa-me rir' JORGE PALMA
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 19:09
link do artigo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2008
Presépios

S. Francisco de Assis é considerado por muitos o Patrono dos presépios. (ver link) E um dos presépios mais bonitos que até hoje se fizeram é o da Irmandade das Almas de S. José das Taipas que, embora seja pertença da igreja de S. José das Taipas (ver link), está patente ao público no átrio de entrada de visitas do Hospital de S.João, no Porto, na comemoração do 50.º aniversário deste estabelecimento hospitalar. Foi de lá que trouxe a brochura que passo a transcrever:

"Foi nos séculos XVII e XVIII que se divulgaram as representações escultóricas alusivas ao nascimento de Jesus, embora se conheçam notícias de presépios portugueses e da veneração que lhes era prestada no século XVI. A produção de presépios em Portugal ficou a dever-se a artistas notáveis de que se destacam Machado de Castro (l732-1822), António Ferreira, Faustino José Rodrigues (1760-1829) ou Barros Laborão (1762-1820). No século XIX, o presépio foi principalmente objecto de arte popular, tendo caído em desuso a criação de presépios monumentais. Os presépios surgiram em conventos, em igrejas e até em casas particulares. Alguns foram desmontados e as peças avulsas ou conjuntos que sobreviveram encontram-se hoje em museus. De acordo com a sua dimensão, os presépios apresentam narrativas mais ou menos desenvolvidas, mas sempre cenicamente enquadradas. A Fuga para o Egipto, o Anúncio aos Pastores, a Adoração dos Pastores e a Adoração dos Reis Magos são episódios que complementam a cena central da Adoração do Menino, para a qual convergem todas as personagens. O espaço, de sentido teatral, organiza-se em anfiteatro e as cenas dispersam-se pela encosta e pelos acidentes do terreno. Neste presépio, o cortejo dos Magos com cavalos e camelos e a presença dos pastores são especialmente destacados. A Natividade, representada num espaço de ruínas, numa gruta, no interior de uma habitação ou até de um templo, surge aqui numa construção profusamente decorada, com motivos dourados, a que se acede por uma escadaria. A grandiosidade desta arquitectura também se verifica noutros elementos arquitectónicos situados do lado esquerdo, mas outras construções são de sentido realista e emprestam a este espaço uma atmosfera familiar: observe-se o pequeno aqueduto no meio da paisagem e as habitações na zona superior. Aos episódios sagrados acrescentaram-se quadros do quotidiano onde são visíveis particularidades etnográficas de gosto pitoresco. A maquineta em que o presépio é apresentado sublinha o seu valor de espectáculo e, por vezes, confere-lhe monumentalidade. No seu interior era habitual utilizar materiais destinados à decoração da cena e à descrição do espaço como algodão, escamas de peixe, flores secas, flores em cera ou massa de pão, papéis pintados e espelhos. Da autoria de escultores reconhecidos, os presépios espelham as influências estéticas da respectiva época de criação, manifestas na modelação cuidada, na expressão sugestiva, no movimento e na policromia rica, enquanto os de barristas populares interpretam, frequentemente, tradições e técnicas artesanais locais. A iconografia do presépio evoluiu muito ao longo do tempo e a representação da Natividade e da Adoração do Menino variou de acordo com o pensamento religioso e os contributos culturais dominantes."

Saudações natalícias do Francisco.


Sinto-me: Bem
Música: 'Noite feliz' POPULAR
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 19:46
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Sábado, 6 de Dezembro de 2008
O Natal na Europa I

Aproveitando uma ideia que está a ser trabalhada pelos alunos do 2.º ano do Curso EFA - Assistente Administrativo, vejamos como são as tradições gastronómicas do Natal nos outros países da Europa. Ora vamos lá começar pela Espanha.

 

 

 

Receita espanhola de Natal

Ingredientes

  • 100g de farinha
  • 1/2 litro de leite
  • 20g de fermento
  • 2 ovos
  • 75g de açúcar
  • 1 colher de água
  • Raspa de limão
  • Frutas cristalizadas

Modo de preparação

 

  1. Mistura-se tudo excepto as frutas cristalizadas numa tigela até formar uma massa espessa.
  2. Deixa-se descansar durante três horas. Amassa-se e descansa mais três horas.
  3. Distribui-se a massa num tabuleiro de forno e cobre-se com as frutas cristalizadas.
  4. Coze durante 20 minutos.
  5. Quando se retirar do forno e enquanto estiver quente enrola-se para ficar com a forma de torta.
  6. É costume esconder uma prendinha neste bolo.

 

 Saudações natalícias do Francisco.


Sinto-me: Bem
Música: 'O prometido é devido' RUI VELOSO
Marcadores:

Publicado por caminheiro1 às 15:32
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Mensagem de Ano Novo

Afinal era uma brincadeir...

Presépios

O Natal na Europa I

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
Número de visitas
Site Counter
Bpath Counter
blogs SAPO
subscrever feeds