Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007
"O meio quilo"

Era eu ainda criança e lá pela minha aldeia havia gente verdadeiramente necessitada. Não havia reformas e as pessoas mais frágeis resignavam-se à sua condição de gente com graves carências nem sempre colmatadas pelos familiares também eles depauperados. Salazar tinha dito aos portugueses “livro-vos da guerra mas não da fome” e o povo agradeceu. Havia pobres e esta palavra tem uma carga forte, que andavam a pedir, esfarrapados, de terra em terra, ou porque a sorte nunca os bafejou ou então porque situações adversas se cruzaram nas suas vidas. E aqui estou a recordar-me daquele que ainda conheci, era conhecido por “meio quilo”, a estender a mão pelas festas e feiras das redondezas depois de ter esbanjado toda uma riqueza passageira que granjeara nas minas de volfrâmio de Arouca. Chegou a ter no pós-guerra dois automóveis com chaufer além de propriedades e muita guita. Deambulava na sua volúpia para o casino de Espinho onde, segundo se dizia, a sorte lhe foi madrasta. Aqui abro um parênteses para dizer que o extinto Café Paladium que conheci, na R. Santa Catarina esquina com a Rua Passos Manuel(Porto), onde hoje funciona um pronto a vestir duma cadeia internacional e a FNAC, era um local de negociatas do volfrâmio. Abro novo parênteses para num acto retrospectivo lembrar aquele amplo café com entrada de portas giratórias, tinha também  salão de chã e na parte superior muitos bilhares.


A foto em baixo que obtive aqui no Porto é uma amostra da pobreza de hoje na cidade. É outro tipo de carência talvez afectiva, envergonhada, mas que já não é o pobrezinho esfarrapado da minha infância. De indumentária à maneira, este estende a mão de luvas, pois claro. Podíamos ser levados a especular que o nível social dos pobres da cidade está elevado mas não vamos por aí senão teríamos de admitir que o crescimento económico do país está nos tops e isso só acontece com os arrufos optimistas ou miserabilistas conforme as circunstâncias, pontuais, do ministro Pinho!...

Saudações, antonio



Publicado por antonioduvidas às 00:55
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

5 comentários:
De J. Alves a 13 de Fevereiro de 2007 às 19:33
Pois antigamente era mesmo assim, então aqui no minho há muitas romarias, à entrada das as eram filas de pobres, alguns faziam disso profissão, e eram monetariamente ricos, mas todos tinham que trajar de pedintes, mas eram tempos mesmo maus, acho que nas nossas aldeias todos conheciamos -um pobre rico e um (rico) pobre, parabens por dar a conhecer estas recordações-J. Alves


De antonioduvidas a 14 de Fevereiro de 2007 às 09:33
Sr. J. Alves vejo que também é sensível a estas coisas do antes e depois. Portugal é um país pequeno, não diria onde todos se conhecem, onde os costumes são idênticos. Na verdade na aldeia onde nasci e onde passei a minha adolescência que pertence a um concelho da margem esquerda do Douro e direita do Paiva há também uma muito concorrida romaria anual. A romaria tinha(tem) um nome apelativo Sr. dos Enfermos, o espectáculo era degradante: filas de pobres, estropiados e outros que ladeavam um pequeno troço de estrada à entrada do arraial. Actualmente isso já não acontece.

Grato pela partilha de saberes, antonio



De Franc a 14 de Fevereiro de 2007 às 23:33
http://observancias.blogs.sapo.pt/ - Olha, meu caro António, este é o blog do nosso amigo João Alves que tu tiveste o prazer de conhecer na visita aos subterrâneos e que está nas fotos. Por falar nisso, alinha numa nova expedição: visita guiada aos Paços de Concelho do Porto? Aquele abraço do Francisco.


De antonioduvidas a 15 de Fevereiro de 2007 às 17:34
Não Franc., há aqui um equívoco de somenos, não conheci Alves. O conhecimento que tenho é aqui pelo blog e apercebo-me que é pessoa fixe.
Quanto à ida aos Paços, inscreve-me s.f.f.
Um abraço, antonio


De prof a 15 de Fevereiro de 2007 às 19:53
Também estou disponível para a visita guiada aos Paços de Concelho do Porto. Quando tiveres mais pormenores apita.

Um abraço


Comentar artigo

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds