Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Sábado, 28 de Abril de 2007
Crónica do passado no presente

"O SABER NÃO OCUPA LUGAR"

Já o dizia a minha mãe

 

 

Mesmo sendo lugar comum,  decidi  intitular assim este trabalho, complementando o pormenor "já o dizia" com o  feliz acrescento "e ainda o diz", pois a minha mãe é uma jovem senhora de oitenta anos,  cheia de vida, fresca e muito linda ao ponto de meter as filhas num bolso.

 Esta simples história, acontecida há quase cinquenta anos e vivida por mim, contém uma miscelânea de emoções e sentimentos onde o passado interage com o presente e tem como objectivo demonstrar a assertividade do título acima referido.

Desculpem-me o facto de desejar partilhar esta simples história, um dos inúmeros acontecimentos da minha vida, mas a vida não é feita de pequenas coisas?

Tinha eu oito anos quando a Srª. minha mãe (diplomada em "Corte e Costura") resolveu que já era altura da filha mais velha (bem isto, da filha mais velha desbravar caminhos, dava pano para mangas) aprender a coser à máquina. E justificando a sua atitude (não que uma mãe precise de se justificar) dizia-me:

-Se um dia tirares um curso e não precisares de cozinhar, lavar, passar a ferro, etc., precisarás de o saber para ensinar e/ou corrigir a quem to faça.

-E se não tiveres quem to faça precisarás de saber para fazê-lo tu ( já tendo tomado consciência do tradicional destino das mulheres que acumulam funções domésticas com a sua actividade profissional).

Em suma, por isto ou aquilo, o certo é que tinha chegado a hora da catraia aprender a coser à máquina.

E lá foi a Maria da Graça pela 1ª. vez para a máquina. Lembram-se da vossa 1ª vez a andar de bicicleta? O dar aos pedais com a devida velocidade e sequência? Ora aí está! E dar ao pedal da máquina de costura? Era o cabo dos trabalhos. A agulha cosia para trás em vez de seguir em frente. Eu não dava o lanço devido e a agulha não havia meio de coser... E não era culpa da máquina, pois era uma Singer das boas (dizia orgulhosamente a Srª. D. Amélia) e com a Mestre cosia!

Depois de várias tentativas falhadas e tendo a instrutora já perdido e paciência levei uma sapatada e, de imediato, aprendo a coser!  (É caso para reflectir no valor didacticopedagógico da sapatada, não que eu seja a favor do bater, mas nem oito nem oitenta e no meio termo está a virtude). E lá deslizava alegremente a agulha pelo tecido fora , parecendo à instruenda que afinal até era fácil coser à máquina.

Esta história ficou-me gravada para sempre e tal era a ternura que nutria por ela, que resolvi, há cerca de um ano, comprar uma máquina de costura mas antiga, daquelas mesmo velhinhas e tinha que ser Singer, claro.

Volvidos os cinquenta anos acima referidos, o meu filho, já adulto, vem pedir-me para lhe coser umas calças que tinham descosido. E lá fui eu toda feliz para a máquina arranjar as calças. Pois, eu sabia coser à máquina... Até fiz  "costura inglesa"!

Quando entreguei as calças ao meu filho ( e ele me diz: -Que bem! Obrigado.) aconteceu uma mistura de sentimentos de amor, gratidão e felicidade, entrecruzando o meu passado junto da minha mãe com o presente junto do meu filho e fiquei orgulhosa por ter conseguido aplicar os ensinamentos que a minha mãe me tinha dado. Pensei sorrindo:

- O saber não ocupa lugar.

 

 

Saudações culturais

Maria da Graça



Publicado por Maria da Graça às 22:00
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

2 comentários:
De Franc a 28 de Abril de 2007 às 22:43
Ó Maria da Graça, muito obrigado por este teu apontamento. Que linda crónica! Que misto de sentimentos e emoções despertas tu com estas palavras. Ser mãe ou ser pai é isto. É recordar. E esta tua partilha é de um sabor extraordinário. Obrigado. Francisco.


De antonioduvidas a 28 de Abril de 2007 às 23:56
Ora aqui está relatada, Mª da Graça, uma faceta da vida que recordas com bucolismo. Eu também gosto de às vezes ir atrás buscar pedaços da vida!
Obrigado pelo teu testemunho, antonio


Comentar artigo

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds