Os autores deste jornal virtual cumprimentam todos os que passam os olhos pelos assuntos destas páginas.
Terça-feira, 19 de Junho de 2007
As travessuras

O Sr. António ainda tem carro de vacas, mas não tem animais para o puxar ( na minha terra ainda hoje se denomina, carro de vacas, eram estas que o puxavam pois tinham a dupla vantagem económica de também darem as crias), e então nesta altura acautela-o a sete chaves.
É nesta quadra do S. João que na minha aldeia a rapaziada se entretem a fazer umas ancestrais maroteiras. Em que consistem? Normalmente nas pequenas terras o centro cívico situa-se junto à Igreja que tem à volta um logradouro. É para aí que os moços levam durante a noite os trofeus das suas travessuras. Então os carros bem como utensílios agrícolas (arados e grades) e vasos de flores são levados pela calada da noite. Duma vez levaram um bezerro preso a uma corda que ataram ao badalo do sino da torre da Igreja, tendo colocado à beira do animal uma faixa de palha. Já estão a ver o filme, o bovino a comer a palha e a tocar o sino!
Mas a história mais pitoresca que já em jovem ouvi a velhinhos de altas barbas dizia que determinado rabugento lavrador querendo proteger o seu carro deitou-se no chadeiro. Como estava cansado dos trabalhos agrícolas entregou-se a Morfeu de tal maneira que a rapaziada pegou no carro e foi colocá-lo numa poça (cisterna de terra batida para empresar água de rega). Dizem que o homem só acordou quando a água da nascente foi enchendo a poça e lhe chegou aos pés!...
Esta é de facto uma história com barbas e daí vocês podem tirar as vossas conclusões sobre as travessuras.

Fiquem bem, antonio


Marcadores:

Publicado por antonioduvidas às 00:14
link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

2 comentários:
De Franc a 19 de Junho de 2007 às 14:09
Eu peço desculpa mas este teu artigo obriga-me a fazer um longo comentário. Longo porque a matéria nova é tanta que não é com duas palavras que se consegue abordar. Começo pelo «carro de vacas». Então não é que eu sempre conheci apenas pelo «carro de bois»? Tem toda a lógica a existência dessa designação. Todavia, eu desconhecia e já aprendi. Mas aprendi muito mais, a saber: «faixa»,...,pequeno molho de palha de milho,...,pág.731,Dicionário Editora da Língua Portuguesa, 6.ª edição; «chadeiro», estrado do carro de bois,...,pág.338, idem; «empresar»,...,apresar, reter,...,pág.600, idem. Por tudo o que contigo mais uma vez aprendi, muito obrigado, meu caro António. Aquele abraço do Francisco.


De Maria da Graça a 26 de Junho de 2007 às 00:42
António

Belo artigo sim senhor.
Já tinha ouvido falar da travessura de mudarem os vasos de flores das varandas.
Mas as que tu contas, ganham e por muitos pontos.
Faço uma pequena ideia das que tu hás-de ter feito...

Um abraço de
Maria da Graça


Comentar artigo

Este blog é dos autores que já aderiram, a saber:
Pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


Artigos recentes

Passeios pelo Porto

1.º dia mundial da rádio

Quo vadis Portugal?

Guimarães, capital europe...

Pelo Jornal de Notícias

Quo vadis Portugal?

41.º encontro do curso

Finanças

Portugal, aos poucos, vai...

Cimeira

Passeio JN/FNAC de 27 de ...

Homenagem ao fado

Lançamento de livro

São Martinho

Entrega de prémios

Passeios pelo Porto

PPP = Parcerias Público P...

Estou revoltado.

Por favor, comentem.

Orgulho-me de ser paranhe...

Proclamação da República ...

Passeio JN/FNAC de 25 de ...

Quo vadis Portugal?

Passeios pelo Porto

Dia 24 de agosto

Violência em Londres

A cidade do Porto

O dia-a-dia

Efeméride

Dia da Amizade

Conhecer melhor a cidade ...

Conhecer melhor a cidade ...

Onde chegaste tu, Portuga...

Deprimente

Quem nos governou

Dia da mãe

Dia da Terra

Passeios pelo Porto

Tributo a Yuri Gagarin

Passeios pelo Porto

Rosa Albardeira - Baile P...

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Dúvida

Dia do Pai

Homenagem

Passeios pelo Porto

Passeios pelo Porto

Desafio

A barragem do Tua

Arquivos

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Marcadores

1.º dia da rádio

24 de agosto

25 de abril

41.º encontro

5 de outubro

a "arma"

a escola já não é a mesma

A não perder

abril 2006

álcool

aliados

alimentação

almoço de 2005

aniversário

aniversários

antonio barreto

apelo

autores portugueses

avc

bibliotecas

boas vindas

bruxelas

capital cultura 2012

carnaval

cascatas

cidade

cinema

comboios

como participar no blog

comunicados

concurso fotografia

conhecer a cidade

consumidor

contrastes

conversas

crítica

Crítica

crónica de domingo

crónicas

cultura

debates

deprimente

desabafos

desafio

desafios e enigmas

desporto

destaques

dia da água

dia da amizade

dia da música

dia da poesia

dia do café

dia do consumidor

dia do não fumador

dia do pai

dia dos namorados

dia internacional da mulher

dia-a-dia

distinções

educação

Efeméride

efemérides

Efemérides

eleições

encontro 2007

encontro 2008

enganada

entrevistas

erros

espaço de pensamentos

estado de espírito

estou revoltado

europa

fado

feiras rurais

férias

Férias

finanças

fiscalidade

futebol

germano silva

guimaraes

lamentos

lembranças

lendo

livros

música

natal 2008

natal 2009

o porto a pé

passeios

porto

quo vadis portugal

quotidiano

república

são joão

são martinho

Subterrâneos

viagens

visitas guiadas

todas as tags

Ligações úteis
Participar

participe neste blog

mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds